top of page

Dinheiro esquecido nos bancos voltará a ficar disponível a partir de 7 de março

Banco Central reativará Valores a Receber, ferramenta que permite a milhões de brasileiros consultar valores esquecidos em contas em bancos e instituições



A ferramenta Valores a Receber (SVR) disponibilizada pelo Banco Central (BC) no ano passado para consulta de valores esquecidos em instituições financeiras por pessoas físicas e jurídicas voltará a funcionar no dia 7 de março, a partir das 10h. A informação foi confirmada pelo BC nesta segunda-feira (27).

Segundo a instituição, cerca de 38 milhões de pessoas físicas e dois milhões de empresas tem algum valor disponível, totalizando R$ 6 bilhões. A pesquisa e o resgate estavam suspensos desde abril de 2022.


O sistema é um serviço em que correntistas podem consultar se têm algum dinheiro esquecido ou inesperado em algum banco, consórcio ou outra instituição financeira e, caso tenha, mostra como resgatar o valor.


No entanto, as consultas já estão disponíveis na página do sistema, desde a manhã desta terça-feira (28). As demais funcionalidades como resgate de valores serão disponibilizadas no dia 7.


O Banco Central informou ainda que haverá novidades no sistema como a impressão de telas, sala de espera virtual e consulta de valores de pessoa falecida.


Cinco passos para resgatar o dinheiro esquecido nos bancos


A partir do dia 7 de março, quando o sistema estiver totalmente operante, será necessário, além de acessar o portal, atender a requisitos estabelecidos pelo BC. Veja abaixo o passo a passo para acessar e resgatar os valores, quando forem disponibilizados:


Após fazer a consulta e verificar que há valores a receber, você clicará no botão 'Acessar o SVR'. Se não tiver fila de espera, você será transferido para a página de login da Conta gov.br. Lembre-se:

  • Para acessar seus valores (pessoa física) ou de pessoas falecidas, sua Conta gov.br precisa ser de nível prata ou ouro.

  • Para acessar valores de pessoa jurídica, sua Conta gov.br precisa ter o CNPJ a ela vinculado.

O tempo máximo de acesso ao sistema é de 30 minutos, suficiente, segundo o BC, para realizar as operações.

Passo 1 - Acesse o site SVR - Clique aqui

  • O acesso ao site deve ser feito na data e horário informados pelo BC na primeira consulta que o cliente fez para saber se tinha dinheiro esquecido nos bancos.

  • Se o cliente ainda não souber o dia exato do resgate ou se perdeu a data, é possível fazer o resgate a qualquer momento.

Passo 2 – Faça o login com sua conta gov.br

  • É preciso ter nível prata ou ouro no sistema para conseguir ter acesso ao dinheiro

  • Se o cliente ainda não possuir conta nesse nível, é preciso elevar o nível de segurança por meio do site ou aplicativo.

  • O cidadão não deve deixar essa atualização para o dia do resgate.

Passo 3 – Leia o termo de responsabilidade

  • Para ter acesso ao dinheiro, é preciso ler o termo de responsabilidade e aceitá-lo.

Passo 4 – É hora de consulta

O sistema do Banco Central vai mostrar:

  • o valor a receber;

  • a instituição que deve devolver o valor;

  • a origem (tipo) do valor a receber; e

  • informações adicionais, quando for o caso.

Passo 5 – Clique em uma das opções que o sistema indicar:

  • "Solicitar por aqui" - significa que a instituição oferece a devolução do valor via Pix no prazo de até 12 dias úteis

  • Selecione uma das chaves Pix e informe os dados pessoais;

  • Guarde o número de protocolo, se precisar entrar em contato com a instituição

  • "Solicitar via instituição" - significa que a instituição não oferece a devolução por Pix no prazo de até 12 dias úteis

  • Neste caso, entre em contato pelo telefone ou email informado para combinar com a instituição a forma de devolução do valor


Importante: Consulte apenas os canais de atendimento do BC que aparecem na tela de informações dos Valores a Receber. Basta clicar no nome do canal.


Atenção contra golpes

O Banco Central alerta que o único sistema que disponibiliza consultas e resgates é o Sistema Valores a Receber, portanto, qualquer outro site ou link, que não seja o oficial do governo - https://www.bcb.gov.br/meubc/valores-a-receber, é fraudulento. O Banco Central NÃO ENVIA LINKS NEM ENTRA EM CONTATO PARA TRATAR DE VALORES A RECEBER.

Portanto, nunca clique em nenhum link que seja enviado por e-mail, WhatsApp ou SMS.

Além disso, todos os serviços são gratuitos.

Kommentare


bottom of page