Confira se você tem direito aos bilhões esquecidos em bancos, FGTS e PIS

Brasileiros esqueceram mais de R$ 50 bilhões em contas inativas no FGTS, cotas do PIS e contas bancárias. Têm direito trabalhadores, clientes de bancos e seus herdeiros. Confira como consultar e sacar



O saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), cotas do PIS/PASEP e valores esquecidos em contas correntes e de investimentos em bancos somam R$ 50,4 bilhões. Um dinheiro que pode ajudar a pagar contas e por comida na mesa de muita gente que precisa, especialmente numa época de crise econômica e de endividamento das famílias brasileiras.


Todo esse dinheiro, segundo Adriana Marcolino, técnica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), representa 22% dos R$ 227 bilhões, oriundos dos rendimentos do trabalho de um mês no país, de acordo com dados de novembro de 2021 do IBGE.


Outra comparação pode ser feita ao número de cestas básicas que os R$ 50 bilhões também poderiam comprar: 83,5 milhões pelos critérios do Dieese.


“Como a massa de rendimento do trabalho tem caído e com o aumento nos preços dos alimentos, pressionando a inflação, esse dinheiro esquecido pode aliviar um pouco as dificuldades relacionadas aos orçamentos familiares que estão bastante em estrangulados e comprometidos, até por que o desemprego tem sido recorrente, com pelo uma pessoa desempregada numa família”, diz Adriana.


Os mais de 50 bilhões estão divididos em:

Cotas do PIS: 23,5 bi

FGTS: 18,9 bi

Bancos: R$ 8 bi

Confira quem tem direito e como sacar:

PIS/PASEP


As cotas do PIS/PASEP são pagas a trabalhadores e trabalhadoras com carteira assinada de 1974 a 1988. O último balanço de dezembro de 2021 mostra que foram esquecidos cerca de R$ 23,5 bilhões por 10,6 milhões de pessoas. Seus herdeiros, viúvas, viúvos e descendentes têm direito ao saque.


Confira aqui como consultar e sacar o PIS


Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)


Quase 90 mil contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, que somam R$ 18,910 bilhões, podem ter os saldos sacados pelos trabalhadores.


Têm direito ao Fundo de Garantia, os trabalhadores registrados com carteira assinada, de acordo com as regras da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT); os rurais e safreiros (trabalham por período de colheita); intermitentes, temporários; avulsos, domésticos e atletas profissionais e também seus herdeiros.


Clique aqui e saiba como consultar e sacar o FGTS


Contas bancárias esquecidas


Correntistas de bancos têm direito a receber o valor que esqueceram de sacar em contas físicas e jurídicas fechadas ou que ainda mantêm, mas sem movimentação. São restituição de cobranças indevidas, investimentos não procurados, entre outros tipos. Ao todo estão “esquecidos” R$ 8 bilhões.


A consulta poderá ser feita a partir do dia 14 deste mês. O Banco Central (BC) chegou a anunciar a abertura das consultas e saques em janeiro, mas o excesso de acessos ao site da instituição provocou uma pane que o governo federal prometeu consertar até a nova data anunciada.


Para saber se você também tem dinheiro esquecido em bancos, clique aqui e confira.


Fonte: CUT - Central Única dos Trabalhadores